domingo, 10 de dezembro de 2017

Extraordinário

"Com excelente resultado, filme prima por um mínimo de honestidade e por um espírito verdadeiro, que comove e alegra em boas medidas!" (⭐⭐⭐⭐)

FOTOGRAFIA FEITA NO CINEMA MULTIPLEX ITATIBA MALL QUE APOIA O
DANIEL SERAFIM MAIS CINEMA
CARTAZ GENTILMENTE CEDIDO

⭐Sempre me vigio para que, se acontecer de um filme terminar e, ao final da sessão, eu já estiver tomado de convicção de aquele filme é um bom filme, que na vigilância eu possa disso desconfiar. Essa postura funciona em mim como um exercício crítico, afim de que, quanto mais resistência as minhas emoções eu conseguir ao encerramento de um filme, que essas mesmas emoções possam se manifestar genuinamente em ocasiões de filmes, de fato, impecáveis. Do contrário, acredito que a minha percepção seria demasiadamente volátil. No caso de filmes como "Extraordinário" essa postura muito me ajuda, dado que esses filmes vão se revelar com apelos emocionais, porém, essa mesma postura me esclareceu, um tempo depois de assistir ao filme, a concluir de que, de fato, o resultado de "Extraordinário" é lindo, tanto na forma como foi imaginado, quanto na forma como se demonstra na tela.

⭐Este filme é dirigido pelo talento de Stephen Chbosky, que em 2012 dirigiu o ótimo "As Vantagens De Ser Invisível" e que trabalhou nos roteiros de "Rent: Os Boêmios" (2005) e "A Bela E A Fera" (2017). Adaptando em "Extraordinário" o best-seller da americana R. J. Palacio, percebi como ele conseguiu um equilíbrio entre a empatia e a alegria, faculdade e estado filmadas de uma forma a projetar e não há curvar-se. A história da criança de 10 anos de idade, com deformidades faciais, que como qualquer pessoa, precisará sair de casa e enfrentar o mundo, tem a qualidade de uma comunicação universal, a transcender os desafios mais arraigados que traz, sem abrir mão da honestidade, qualidades que geralmente em filmes assim, podem ficar escondidas pela avalanche de emoção, melodrama e outros clichês do gênero. 

⭐Logo, o que você tem em "Extraordinário" são as combinações de elementos que funcionam maravilhosamente, como a percepção de importantes personagens que estão orbitando o universo do garotinho e como ele, a sua maneira, os afeta; você tem também o confronto desse garotinho com o mundo externo, que precisa tomar as mazelas de se viver com suas dificuldades, sob a pressão de um mundo cruel que parece resistir a qualidade máxima da inclusão, e que com inteligência não esmorece e dribla seus desafios; e, por fim, você tem um outro elemento delicioso, que é como esse garotinho, seja em casa ou seja na convivência com os colegas, vai experienciar aquelas mesmas emoções e frustrações da vida, imputadas a todos nós no processo de se viver. E o filme cresce, isento do julgamento, mostrando, por exemplo, a primeira decepção com uma amizade ou os conflitos familiares. 

⭐"Extraordinário" tem carisma, tem ritmo incessante e atinge um estado de graça, através da atuação de Jacob Tremblay (o espetáculo do filme "O Quarto De Jack"). É incrível como ele cabe ao personagem, como ele constrói esse garoto com um interesse pela vida e como ele deu a esse personagem um olhar admirável. Que ator fenomenal Jacob é! Todo o elenco é um arraso, seja Julia Roberts, que dispensa palavras, seja Owen Wilson ou seja ainda Izabela Vidovic. Tem uma pontinha deliciosa de Sonia Braga, que sempre me emociona. Honestamente, se tem um filme com espírito natalino, na medida certa, que comove, que tem empatia e que conquista, em 2017, esse filme é "Extraordinário"!

" EXTRAORDINÁRIO " - Wonder - Dir. por Stephen Chbosky - EUA - 2017 - Distribuidora no Brasil: Paris Filmes - Exibidor para o Mais Cinema: Multiplex Itatiba Mall

Instagram Oficial: @daniel_serafim_mais_cinema
Perfil Oficial: facebook.com\dsmaiscinema - Daniel Serafim


MAIS CINEMA! A GENTE SEMPRE QUER MAIS, DAQUILO UE A GENTE AMA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário