terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Primeiras Impressões : Três Anúncios Para Um Crime


Quando eu assisti esse filme o ano passado, saí do cinema atordoado (honestamente), pois ao compreender o peso do fardo que Mildred Hayes carrega, a célebre personagem de Frances McDormand, e fardo do qual ela busca certo alívio, minha vontade era apenas de digerir o sofrimento que acabava de me prostrar. Embora se consiga rir muito com o texto "impossível" de "Três Anúncios", pra mim era difícil rir, diante da dor de Mildred. Mas o que eu quero dizer com essa impressão? Que, ao assistir hoje novamente, numa tela de cinema maravilhosa, além de ter as mesmas convicções, uma outra foi fatal: esse é o filme mais devastador deste ano. Ponto. 

Tive também a impressão de que esse filme anuncia uma grande depressão, ele demonstra a violência que intenta sobre esta geração e dá vazão a forma mais destemida de resistência. É comum que a digestão de uma era venha algum tempo depois de sua origem. No entanto, "Three Billboards Outside Ebbing Missouri", o grande vencedor do Festival de Toronto, do Globo de Ouro e, possivelmente, do Oscar, mostra uma contração a era Trump que, tanto tem a ver com a estafa desta geração, quanto tem a ver com a estafa da era americana, sem se demorar, trazendo uma qualidade urgente. É extraordinário! 

Um texto implacável, descontrolável, tão amargo, quanto o humor com que tenta blindar o quanto é abrasivo, mas que, intencionalmente, é uma grande farsa e é honesto, pois não consegue ofuscar a tragédia devastadora, da qual se valida. Engraçado que os melhores filmes desta década são os que carregam grandes fardos. Frances McDormand é uma personagem assim, ela traz uma dor inigualável e, a atriz extraordinária que é, apresenta uma das melhores performances desta década. Não há um momento em que não deseje sofrer com ela. Rasga o coração, diverte com seu humor e se levanta como um filme memorável.

Instagram Oficial: @daniel_serafim_mais_cinema

MAIS CINEMA! A GENTE SEMPRE QUER MAIS, DAQUILO QUE A GENTE AMA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário